Prefeitura de Conceição do Almeida atrasa pagamento de férias a servidores da Educação. - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Mg Notícias aqui você fica bem informado!

Prefeitura de Conceição do Almeida atrasa pagamento de férias a servidores da Educação.

Prefeitura de Conceição do Almeida atrasa pagamento de férias a servidores da Educação.

Share This


Profissionais da Educação do município de Conceição do Almeida, usaram as redes sociais para denunciar a falta de pagamento do terço das férias aos servidores da educação municipal. O valor do chamado "1/3 de férias", a qual os profissionais tem direito, já deveria estar pago mas até o final de janeiro de 2018 ainda não tinha sido quitado.

De acordo com professores, os valores foram acordados para serem depositados até o fim do mês de janeiro, no entanto até esta quarta-feira, 31 de janeiro de 2018, a Prefeitura de Conceição do Almeida ainda não tinha pago o 1/3 (terço de férias) dos servidores da Educação Municipal, que reclamam da situação. De acordo com dados do site do Banco do Brasil, a prefeitura de Conceição do Almeida já recebeu mais de 10 milhões de reais, no período de dezembro de 2017 a janeiro de 2018, com a maioria dos funcionários demitidos, órgãos em recesso, serviços públicos decadentes e contenção de despesas. Somente pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB, foram arrecadados R$ 5.534.334,75 (Cinco milhões, quinhentos e trinta e quatro mil, trezentos e trinta e quatro reais e setenta e cinco reais), nesse período de dezembro de 2017 a janeiro de 2018. Após manifestação dos professores, o dinheiro foi depositado nas respectivas contas nesta quinta-feira (01/02) e deverá ser creditado até sexta-feira.

O caos administrativo não é só na Educação. O caos se estende também  para as áreas da saúde que completa um mês com as unidades de saúde da zona rural fechadas, educação com transtornos e insatisfações de pais e alunos da rede municipal, assistência social sem atividades socioeducativas, infraestrutura caótica e diversos outros problemas. Mas seguem as organizações e planejamento da festa de São João e Quinta no Mercado, áreas que a gestão vem demonstrando ser prioritárias. 
(Fala Recôncavo)

Nenhum comentário:

Pages