7 de janeiro de 2018

Guarda Revolucionária do Irã diz que protestos contra o governo chegaram ao fim



A Guarda Revolucionária do Irã disse neste domingo (7) que o país e as forças de segurança acabaram com a agitação provinda da onda de protestos anti-governo que começou a ganhar força no mês passado. Em uma declaração em seu site, a Guarda culpou os Estados Unidos, Israel e a Arábia Saudita, bem como um grupo de oposição exilado conhecido como Mujahedeen-e-Khalq pelas manifestações. Aumentos de preços provocaram protestos em diversas cidades no fim do mês passado no Irã e ao menos 21 pessoas morreram em confrontos com força de segurança do país. As manifestações, motivadas pela inflação e desemprego altos, foram os maiores protestos vistos em solo iraniano desde a eleição presidencial de 2009. Alguns manifestantes chegaram a pedir a queda do governo de Hassan Rouhani. A Guarda Revolucionária do Irã é uma poderosa força militar ligada ao líder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei. Muitos dos manifestantes protestaram contra o enorme orçamento destinado à Guarda e contra o próprio líder supremo. Centenas de pessoas foram detidas desde que as manifestações começaram. Entre as prisões, estão as detenções de cerca de 90 estudantes universitários e do legislador reformista Mahmoud Sadeghi. Nos últimos dias, os adeptos do governo realizaram diversos comícios para protestar contra as manifestações. Estados Unidos e Israel expressaram apoio aos protestos contra o governo, que começaram em 28 de dezembro em Mashhad, a segunda maior cidade do Irã. 

COMPARTILHAR

Autor:

O MG NOTÍCIAS.NET é um blog de conteúdo noticioso, com Foco em todos os tipos de notícias sobre Política, Economia, variedade, polícia, política, esporte, Saúde, tudo que é notícia está aqui. Está no ar desde o dia 10 de Fevereiro de 2013.

0 comentários: