Sobre judicializar o IPTU, prefeito de SAJ, comenta: “Entraram na justiça contra o empréstimo no Desenbahia e tomaram porrada" - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Mg Notícias aqui você fica bem informado!

Sobre judicializar o IPTU, prefeito de SAJ, comenta: “Entraram na justiça contra o empréstimo no Desenbahia e tomaram porrada"

Sobre judicializar o IPTU, prefeito de SAJ, comenta: “Entraram na justiça contra o empréstimo no Desenbahia e tomaram porrada"

Share This


Na noite desta quinta-feira (7) o prefeito de Santo Antônio de Jesus, Rogério Andrade (PSD), declarou através de uma entrevista coletiva sobre comentários da população e também de políticos que prometeram judicializar o projeto de lei que reajusta o IPTU no município, aprovado no dia 29 de novembro na Câmara de Vereadores. Segundo o prefeito, sua preocupação está voltada para o povo, “eu percebo o temor de algumas pessoas, principalmente alguns agentes políticos que temem que o nosso governo continue trabalhando nesse ritmo. Este ano ainda vamos usar a Planta Genérica atualizada a mais de dez anos, mas mesmo assim continuarei tocando o município da mesma forma. A minha preocupação é com a população, o povo desta cidade terá que esperar muito mais tempo para se utilizar de determinados investimentos. Por mais que a gente tenha feito em 11 meses, a população ainda tem cobrado mais, por isto, gostaria de no ano de 2018 ter um pouquinho a mais de recurso para poder trabalhar mais para quem mais precisa”, declarou.
Judicializar o IPTU? Rogério afirmou que a oposição também entrou na justiça para impedir o empréstimo realizado ao Desenbahia (Agência de Fomento do Estado da Bahia), que visa fomentar a pavimentação de ruas no município, “o que eu vejo na verdade, é o receio de algumas pessoas de que a prefeitura continue trabalhando no ritmo que está. Na minha vida, primeiro Deus e depois a força do trabalho, ninguém me viu ir para a imprensa para atacar, assim dessa maneira, Deus vem abrindo os caminhos para colecionar vitorias. Eu confio na justiça. O presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Nogueira, Tom (PSB), ministrou a sessão com muita maestria e responsabilidade, seguindo o regimento interno na íntegra e registrado em Ata. Entraram na justiça também para barrar o financiamento do Desenbahia, para tentar impedir que façamos o futuro, entraram na justiça e tomaram porrada”, concluiu. 
VozdaBahia

Nenhum comentário:

Pages