Governador do Piauí parabeniza Rui por empréstimo do BB e diz que "não é aceitável o que estamos vivendo" - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Mg Notícias aqui você fica bem informado!

Governador do Piauí parabeniza Rui por empréstimo do BB e diz que "não é aceitável o que estamos vivendo"

Governador do Piauí parabeniza Rui por empréstimo do BB e diz que "não é aceitável o que estamos vivendo"

Share This


O governador do Piauí, Wellington Dias, parabenizou o Governo da Bahia pela liberação do empréstimo de R$ 600 milhões junto ao Banco do Brasil (BB), depositado nesta quinta-feira (28). "O povo do Piauí comemora a vitória do povo baiano. Não é aceitável o que estamos vivendo. Vários estados estão com empréstimos bloqueados", afirmou Dias em mensagem enviada a Rui Costa.

Na mensagem a Rui, Dias acrescentou que "é legítimo um governo querer aprovar seus projetos, mas precisa respeitar a lei, o Congresso e o pacto federativo. A história vai registrar mais este triste momento da crise institucional".

Na última quarta-feira (27), os gestores dos estados nordestinos assinaram carta aberta em protesto contra uma declaração do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun. Em entrevista, ele admitiu a liberação de recursos de bancos públicos em troca de apoio à reforma da Previdência.

Caso foi parar na Justiça
Após a Justiça ter determinado que o Banco do Brasil liberasse o empréstimo de R$ 600 milhões ao Governo da Bahia, o valor foi repassado pela instituição financeira. A informação foi divulgada pela assessoria do governador Rui Costa na noite desta quinta-feira (28).

O contrato de empréstimo entre o Estado e o Banco do Brasil foi assinado no dia 18 de agosto. No entanto, segundo o governo, mesmo cumpridas todas as etapas do processo, a instituição se recusava a liberar o financiamento. Por causa do entrave, o governo entrou na Justiça com recurso do Agravo de Instrumento, que foi julgado procedente pela Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O banco não comenta o assunto.

Nenhum comentário:

Pages