Esposa de Mãe Stella diz que mudança foi decisão da ialorixá - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Mg Notícias aqui você fica bem informado!

Esposa de Mãe Stella diz que mudança foi decisão da ialorixá

Esposa de Mãe Stella diz que mudança foi decisão da ialorixá

Share This


A psicóloga Graziela Domini, 55 anos, companheira da sacerdotisa do Ilê Axé Opô Afonjá, Mãe Stella de Oxóssi, disse por telefone que a mudança da religiosa de 92 anos para a cidade de Nazaré (a 216 km de Salvador) foi uma decisão da própria ialorixá. 
A afirmação ocorre após o obá odofin (ministro de Xangô) do terreiro e presidente da Sociedade Cruz Santa do Afonjá, Ribamar Daniel, informar que Mãe Stella teria sido retirada do terreiro por seguranças armados contratados por Graziela.
Ao ser questionada sobre a situação, a companheira da religiosa desmentiu o fato, afirmando que Mãe Stella foi direto do Hospital da Bahia, onde estava internada, para Nazaré assim que recebeu alta médica.
"
Eles não podem tirar minha esposa
Graziela Domini, companheira da sacerdotisa 
A mudança da mãe de santo gerou revolta nos membros da casa, o que deu origem a denúncias contra Graziela na Justiça, afirmou Ribamar.
Venda de obras
Sobre a venda de bens do terreiro, como contou Ribamar, a psicóloga disse que não comercializou nada. Ela, no entanto, afirmou que as esculturas do artista plástico Carybé serão leiloadas. “Preciso manter ela (Mãe Stella)”, disse, garantindo que tem documento de união estável com a mãe de santo.
Esta união também é questionada pelo obá odofin. Segundo ele, nenhum documento foi apresentado.  “Eles não podem tirar minha esposa”, afirmou Graziela.
 Jogos de búzios
Ainda conforme a psicóloga, a participação dela nos jogos de búzios, outro ponto questionado pelos filhos de santo do terreiro, deve-se à baixa visão da ialorixá, que sofre com inflamações nas artérias da cabeça (arterite temporal), o que intensifica a hipertensão dela.
"
Eu não quero nada, não preciso de cadeira para ser quem eu sou, eu sou uma escritora
Graziela Domini, companheira da sacerdotisa 
“Sou os olhos dela. Eu digo a posição de caída dos búzios e ela interpreta”, relatou Domini. “Eu não quero nada, não preciso de cadeira para ser quem eu sou, eu sou uma escritora”, disse também.
Graziela prometeu enviar documentos que provem sua versão do fato.
Em uma carta assinada por 71 membros do Opô Afonjá, ela é acusada de retirar imóveis e obras de arte tradicionais da Casa de Xangô, de fechar o Museu Ilê Ohun Lailai, criado em 1982, e de substituir a sacerdotisa nos jogos de búzios.
Portal A TARDE.

Nenhum comentário:

Pages