Cris Cyborg tem dificuldades, mas vence Holm e mantém cinturão no UFC 219 - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Mg Notícias aqui você fica bem informado!

Cris Cyborg tem dificuldades, mas vence Holm e mantém cinturão no UFC 219

Cris Cyborg tem dificuldades, mas vence Holm e mantém cinturão no UFC 219

Share This
Cis
Cyborg teve a luta mais difícil de sua carreira no MMA neste sábado (30), mas ainda assim, saiu vencedora no UFC 219. A brasileira suportou a pressão de Holly Holm e da torcida em Las Vegas (EUA) para conseguir vencer a americana por decisão unânime (49-46, 48-47, 48-47) e seguir como campeã do peso leve feminino em sua primeira defesa de cinturão.
Ao contrário do previsto, foi Holly Holm que tomou as ações de ataque no início da luta. A americana foi a única das quatro adversárias da brasileira no UFC que começou a tomar as ações de luta contra Cyborg. A luta contra a americana foi a primeira de Cris a ir até o quinto round.
Especialista em kickboxing, Holm se movimentou bastante e tentou diversas combinações de golpes contra Cyborg nos dois primeiros rounds. Cris tentou pegar a americana desprevenida nos contra-ataques, mas os seus socos tiveram pouca contundência no rosto da rival.
Um pouco mais cansada no 3º round, Holly seguiu atacando, mas não com a mesma velocidade de antes. Mesmo na defensiva, Cyborg conseguiu contra-atacar melhor, se livrou das tentativas de clinches e cresceu muito no fim do round. Após um cruzado com a mão direita que inchou o olho de sua adversária, Cris impôs mais pressão.
Ainda que parelho, o quarto round claramente teve um domínio maior de Cris Cyborg. A brasileira passou a usar mais os seus chutes, alternando entre as costelas e o olho esquerdo de Holm. A americana até tentou continuar atacando, mas a movimentação dos primeiros rounds fez com que seu gás diminuísse. Holly até acertou alguns golpes, mas com dois bons jabs, Cyborg seguiu mantendo sua vantagem.
No 5º round, Cris Cyborg tentou mostrar mais agressividade. A brasileira contra-atacava a americana e conseguiu acertar contundentes chutes baixo em sua perna direita. Holly até tentou dominar Cris no clinch, mas mais inteira, a brasileira conseguia se defender. Apesar do cansaço, Holly mostrou muita raça nos minutos finais. A americana tentava a todo momento combinar golpes, que mesmo sem serem efetivos, empolgaram a torcida. No minuto final, Cybprg voltou a colocar mais golpes, embora Holly seguisse tentando anular o jogo da brasileira.
Após o anúncio da vitória, Cris pediu ainda no octógono para lutar no UFC 221, que vai acontecer em Perth, na Austrália, no dia 10 de fevereiro. "Gostaria de lutar com a Megan Anderson. Talvez na Austrália. Tenho muitos fãs lá."
Veja os resultados do UFC 219
Card principal
Cris Cyborg venceu Holly Holm por decisão unânime
Khabib Nurmagomedov venceu Edson Barboza por decisão unânime
Dan  Hooker finalizou Marc Diakiese no 3º round
Carla Esparza venceu Cynthia Calvillo por decisão unânime
Neil Magny venceu Carlos Condit por decisão unânime
Card preliminar
Michal Oleksiejczuk venceu Khalil Rountree por decisão unânime
Myles Jury venceu RickGlenn por decisão unânime
Marvin Vettori e Omari  Akhmedov empataram de forma majoritária
Matheus Nicolau venceu Louis Smolka por decisão unânime
Tim Elliott finalizou Mark De La Rosa no 2º round
 

Nenhum comentário:

Pages