Caso Goyases: Meninas baleadas por colega ainda não têm previsão de alta - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Mg Notícias aqui você fica bem informado!

Caso Goyases: Meninas baleadas por colega ainda não têm previsão de alta

Caso Goyases: Meninas baleadas por colega ainda não têm previsão de alta

Share This


O Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) divulgou um boletim na manhã deste sábado (28) sobre o estado de saúde de duas adolescentes baleadas por um colega, um adolescente de 14 anos, no último dia 20, no Colégio Goyases. Dois colegas morreram e outros quatro ficaram feridos durante o ataque. De acordo com informações da Agência Brasil, uma das meninas que está internada no Hugo está na enfermaria do hospital, orientada, consciente, com respiração espontânea e sem febre, alimentando-se por via oral e sem relatar de dores para a equipe de assistência. A outra garota permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado regular, orientada, consciente e respirando de forma espontânea, com auxílio de oxigênio. As duas meninas não têm previsão de alta. O adolescente que realizou o ataque a tiros relatou à polícia que era vítima de bullying na escola e que se inspirou nos casos da escola de Columbine (que aconteceu em 1999, nos Estados Unidos), e de Realengo (ocorrido em 2011, no Rio de Janeiro). O estudante disse que sua intenção era matar apenas o colega que praticava bullying, mas que sentiu vontade de fazer mais vítimas no momento em que começou a atirar. 

Nenhum comentário:

Pages