Durante troca de tiros integrante do comando do boqueirão morre e acusado de matar PM é preso - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Mg Notícias aqui você fica bem informado!

Durante troca de tiros integrante do comando do boqueirão morre e acusado de matar PM é preso

Durante troca de tiros integrante do comando do boqueirão morre e acusado de matar PM é preso

Share This


Detido na noite de quarta-feira (20), por uma guarnição da Rondesp Atlântico, na localidade do Areal, no Nordeste de Amaralina, Vitor Santos da Silva Pires é acusado de participação na morte do sargento PM Aldo Carvalho Santos. O policial foi morto no dia 17 de janeiro, durante assalto a uma farmácia no bairro da Pituba, em Salvador.

Vitor foi baleado na perna direita. Segundo a polícia, ele havia trocado tiros com guarnições da 40ª CIPM horas antes, na localidade da Sucupira. O criminoso foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE) e, em seguida, para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Uma pistola 9mm, de uso restrito da Polícia Federal e Forças Armadas, foi apreendida. Um comparsa de Vitor, não identificado, morreu durante a troca de tiros. Na madrugada desta quinta-feira (21), a Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) intensificou com ocupação o policiamento no Nordeste de Amaralina.

Na mesma ação, um traficante também foi morto após uma troca de tiros. Ele estava com uma pistola Zigana PX9, drogas e 24 reais. O nome não foi revelado. Minutos depois, guarnições da Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) do Batalhão de Choque iniciaram a ocupação de toda região.

Depois do reforço do patrulhamento oito criminosos já foram presos. Seis flagrados ontem na região da Sucupira, no final da tarde. Em outra localidade, conhecida como Emídio Pio, Maicon de Jesus Nascimento foi capturado com 86 trouxinhas de maconha e materiais para embalar outras drogas. Além dos adultos, um adolescente foi apreendido também por venda de entorpecentes.

“Força máxima contra essas quadrilhas de tráfico de drogas. Na Bahia a polícia não recua. As ações ostensivas reforçadas continuam sem hora para acabar. Estamos em constante conversa com os rodoviários, mas o combate a grupos criminosos que tentam ditar regras será prioridade”, informou o comandante do Policiamento na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Atlântico, coronel Francisco Kerjean Sampaio Lopes.

Nenhum comentário:

Pages