Mototaxista e passageira morrem em acidente em São Gonçalo - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Mg Notícias aqui você fica bem informado!

Mototaxista e passageira morrem em acidente em São Gonçalo

Mototaxista e passageira morrem em acidente em São Gonçalo

Share This


Duas pessoas morreram, na madrugada desta segunda-feira (28), após um acidente de moto no Portão do Rosa, em São Gonçalo. 

De acordo com testemunhas, Daniel Sandro Ludgero Neves, de 21 anos, conduzia sua motocicleta pela Rua Benito Juarez quando perdeu o controle do veículo. Ele e a jovem que estava na garupa, Jaqueline Palmerim Silva Moreira, 23, caíram na via. Bombeiros chegaram a ser acionados, mas as vítimas não resistiram aos ferimentos e morreram ainda no local. 

Trabalhar como mototaxista foi a forma que Daniel, morador do Boassu, em São Gonçalo, encontrou para cuidar da filha de três anos e da esposa grávida de sete meses. Ex-operário das obras do Metrô no Rio, ele sonhava em trabalhar no Comperj. Mas enquanto não conseguia, ele levava o sustento para casa através das corridas em sua moto. O que ele não podia esperar é que a forma encontrada para garantir o sustento de sua família fosse acabar com sua vida e da passageira Jaqueline. 

Segundo moradores, as colisões são comuns na região. Eles, inclusive, já sinalizaram a necessidade de redutores de velocidade. “Aqui tem acidente com frequência. Grande parte é colisão porque os motoristas trafegam em alta velocidade e se encontram neste trecho, que é mão dupla. Já pedimos a instalação de quebra-molas, mas não tivemos retorno. Eu acompanhei todo o acidente. Infelizmente, eles estavam sem capacete. O socorro foi acionado, mas eles não resistiram”, contou o mecânico Ricardo Viana.

O pai de Daniel, Sílvio Carlos Neves, de 40 anos, que esteve no Instituto Médico Legal (IML) de São Gonçalo, lamentou a perda prematura do jovem. “Meu filho era a melhor pessoa do mundo. Um jovem cheio de planos e que fazia de tudo pela família. Ele seria pai novamente e deixou a esposa com sete meses. Ainda estou em choque, assim como toda a família. Quero enterrá-lo para acabar com essa angústia”, disse.

Através das redes sociais, a mãe de Daniel – Daniele Ludgero Muniz – também se manifestou e alertou sobre os cuidados que se deve ter com o uso de motocicletas. “...Eu perdi meu menino, meu único filho homem, a maior perda da minha vida e que eu não desejo isso nem para a pior pessoa do mundo. Meu menino, meu filho me deu uma netinha e vai me presentear com outra. Que todos que andem de moto tenham cuidado. Usem capacete para o cuidado de vocês. Meu filho amado e querido, dor horrível uma mãe enterrar o filho, te amo”, escreveu a mãe em sua página pessoal de uma rede social.

Daniel foi enterrado, na tarde de ontem, no Cemitério Parque da Paz, no Pacheco. O enterro de Jaqueline está programado para hoje, às 13h30, no Cemitério do Pacheco. O caso foi registrado na 72ª DP (Mutuá).

Nenhum comentário:

Pages