Acordo do governo aumenta em 40% oferta de medicamento para câncer no SUS - Mg Noticias.net

Mg Noticias.net

Mg Notícias aqui você fica bem informado!

Acordo do governo aumenta em 40% oferta de medicamento para câncer no SUS

Acordo do governo aumenta em 40% oferta de medicamento para câncer no SUS

Share This


O ministro da Saúde, Ricardo Barros, assinou nesta segunda-feira (7) um acordo de transferência de tecnologia do medicamento biológico Trastuzumabe, utilizado no tratamento de câncer. A parceria entre o Instituto Tecnológico do Paraná (Tecpar) e a empresa Axis Biotec atenderá 40% da demanda do Sistema Único de Saúde (SUS). Serão distribuídas anualmente 100 mil doses do medicamento. "Isso que está acontecendo com a Tecpar acontece com BioManguinhos e com Butantan e todos eles recebem investimentos significativos ou possibilidade de investimentos significativos com as parcerias que foram definidas e nós vamos continuar avançando com essa política de atrair conhecimento para o Brasil, aprender a fazer e aprendendo a fazer podemos desenvolver  moléculas pelos nossos cientistas, patenteá-las e participar desse grande mercado mundial, que é o mercado da saúde", ressaltou Barros. O Trastuzumabe é um dos sete medicamentos biológicos que, no começo do ano, passaram por reorganização em suas parcerias, distribuídos entre os laboratórios públicos com maior expertise no tema: Butantan, Biomanguinhos/Fiocruz e Tecpar. "Nós estamos fazendo vários acordos. O Tecpar, Biomanguinhos e o Butantan ficaram especializados em medicamentos biológicos, portanto, a divisão de transferência biológica destes produtos está concentrada nesses três laboratórios, e o Tecpar tem participação em todos os mabes na nova plataforma, e passará a fornecer parte destes medicamentos ao SUS, e enquanto ele for o único fornecerá 100% do Trastuzumabe", explicou o ministro. De acordo com o Ministério da Saúde, a expectativa é que haja um investimento privado de R$ 6,4 bilhões, além da construção de, pelo menos, 3 novas fábricas e geração de mais de 7.400 vagas de empregos qualificados. Também está previsto o envolvimento de cerca de 450 doutores especializados em pesquisas para auxiliar o desenvolvimento de medicamentos e produtos para a saúde.

Nenhum comentário:

Pages